Após rave, Jorge Sousa se desculpa por festa e pede o fim da quarentena
Jorge Sousa se desculpou após festa (Foto: Reprodução)

Recém-papai, Jorge Sousa surpreendeu diversos internautas, de forma negativa, ao ser visto em diversos vídeos, em uma festa com muita gente aglomerada, em meio ao coronavírus. Depois de diversas criticas, o ex-peão usou as redes sociais para se desculpar, mas pediu o fim do isolamento social.

“Eu só quero meu direito de trabalhar.  Será que realmente a quarentena existe para todos? Na teoria ela é linda, mas na prática realmente existe? Vejo metrôs, ônibus, centro do Rio de Janeiro, praias com aglomerações homéricas. Vejo máscaras na testa, no queixo, pescoço, menos nariz e boca. Vejo ‘fiscais da quarentena’ julgando trabalhadores que precisam buscar o sustento da família. DJS, técnicos de som, carregadores, garçons, seguranças, serventes, entre outros que estão há mais de cinco meses sem trabalhar. Nossa categoria não aguenta mais, pois essas pessoas trabalham por diária e nem no auxílio emergencial muitas delas se enquadram”, iniciou o artista, que afirmou que defende apenas as pessoas do grupo de risco.

“Defendo que as pessoas que não são do grupo de risco voltem com suas vidas normais e as que precisam se cuidar fiquem em casa. Os hospitais de campanha estão sendo desativados e/ou não foram utilizados. Quem está sendo beneficiado com esta quarentena? A festa passou um pouco do controle. Se você ver ônibus lotado, metrô lotado, centro da cidade lotado. Por que a gente não pode voltar a trabalhar? A gente não aguenta mais”, finalizou ele.

“Desculpa mas não tem desculpa. Seu evento levou vários jovens se aglomerarem. Muitos desses podem estar com o vírus sem sintomas e passam para outros que depois quando chegam em casa passam para os seus pais. Não existe desculpa para uma irresponsabilidade. Eu estou sem trabalhar também. Sou da mesma área, to precisando de grana, minha equipe precisando trabalhar mas tenho responsabilidades com a vida. Com a minha vida e com a do próximo. Fazer um evento como esse que você fez não coloca apenas a sua vida e da sua família em risco como a do público que frequenta e de seus funcionários. É preciso ter cuidado com a vida do próximo. A sua ficha só vai cair quando as estatísticas virarem nomes. Desculpa irmão mas vc mandou mal e está erradíssimo”, comentou um seguidor.

“Isso não justifica enquanto a maioria responsável se isola pra não contrair essa doença… irresponsável fazem festa com aglomeração e depois quer colocar a culpa na quarentena menos né…”, disse o segundo. “Ridículo”, acrescentou o último.

Confira:

View this post on Instagram

Será que realmente a quarentena existe para todos? Na teoria ela é linda, mas na prática realmente existe? Vejo metros, ônibus, centro do Rio de Janeiro, praias com aglomerações homéricas. Vejo máscaras na testa, no queixo, pescoço, menos nariz e boca. Vejo “fiscais da quarentena” julgando trabalhadores que precisam buscar o sustento da família. Comigo não é diferente, pois nos bastidores tenho vários colaboradores que dependem de eventos para sobrevive. Como por exemplo: DJS, técnicos de som, carregadores, garçons, seguranças, serventes, entre outros que estão a mais de cinco meses sem trabalhar. Nossa categoria não aguenta mais, pois essas pessoas trabalham por diária e nem no auxílio emergencial muitas delas se enquadram. Defendo que as pessoas que não são do grupo de risco voltem com suas vidas normais e as que precisam se cuidar fiquem em casa. Oba: os hospitais de campanha estão sendo desativados e/ou não foram utilizados. Quem está sendo beneficiado com esta quarentena? EU SÓ QUERO O MEU DIREITO DE TRABALHAR !

A post shared by Jorge Sousa (@jorgesousaoriginal) on

DEIXE SUA OPINIÃO

rave-jorge-sousa-se-desculpa-por-festa-e-pede-o-fim-da-quarentena/”/> comments




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-