As razões que podem ter levado a Band a detonar Eduardo Bolsonaro e Ernesto Araújo – Armas Online

Do UOL:

Em um tom pouco habitual, a Band está divulgando desde a noite de sexta-feira (20) em diferentes programas jornalísticos na TV e no rádio um duro editorial contra o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (sem partido). O primeiro foi chamado de “chanceler idiotizado” e de “idiota” e o segundo de “deputado irresponsável” pelo papel que estão desempenhando numa crise diplomática criada com a China  (…)

O editorial, aparentemente, sinaliza uma mudança no humor da Band em relação ao governo. O último editorial da emissora, antes desse, divulgado em maio de 2019, declarou apoio entusiasmado ao decreto do presidente Jair Bolsonaro que ampliou o direito ao porte de armas no país.

“O cidadão honesto exigiu o direito de ter a sua arma”, afirmou a emissora na ocasião. A enorme repercussão do mais recente editorial trouxe à lembrança o acordo de cooperação firmado em novembro do ano passado entre a Band e o China Media Group. Não se trata, porém, de um negócio, mas de uma parceria que envolve apenas troca de conteúdos entre as duas empresas.

Para entender o contexto das críticas atuais e dos elogios passados da Band ao governo talvez seja mais útil lembrar que a família Saad, proprietária da emissora, mantém negócios no setor de agropecuária.




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-