Bolsonaro dita votos do próximo ministro do Supremo

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, o próximo ministro indicado por ele para o Supremo Tribunal Federal será contra o aborto, a favor do porte de armas e em defesa da família.

Bolsonaro mordeu a isca de um internauta que o provocou: “Presidente próxima indicação ao STF indica o lula”.

Mas Bolsonaro entendeu errado. Achou que o “provocador” queria Lula como ministro do Supremo, quando, na verdade, o internauta disse que o petista indicará o próximo ministro da corte máxima na condição de próximo presidente da República.

“Kassio é contra o aborto (votará contra a ADPF 442 caso seja pautada). É pró armas nos limites da lei (ele é CAC). Defende a família e as pautas econômicas (quem duvida que aguarde as votações). Resumindo, ele está 100% alinhado comigo, por isso a ferrenha campanha para desconstruí-lo”, antecipou o presidente Bolsonaro.

No STF, a princípio, o forte não é fidelidade dos indicados. Que o digam Lula e Dilma.

O cargo de ministro do STF é político porque é indicado pelo presidente da República, portanto é uma função discricionária. No entanto, o distinto público sempre acreditou que era uma tarefa “divina”, jurídica, por isso a estranheza de alguns veículos de comunicação.

Se fosse o ex-juiz Sérgio Moro o indicado, diriam os jornalões, tudo bem. Ele poderia desrespeitar a Constituição, os direitos humanos e antecipar a sentença…

Presidente Fake News, Bolsonaro finge acenar para multidão que não existe; assista

O presidente Jair Bolsonaro perdeu o senso do ridículo ao acenar para uma multidão imaginária, nessas andanças, antes de partir num helicóptero da FAB.

Por alguns instantes, enquanto durou o ridículo, o séquito presidencial achou que o presidente tinha enlouquecido.

Bolsonaro bateu biela?’, perguntam ao Blog do Esmael. Não, não é isso. Pura esperteza do presidente. Ele estava apenas gerando imagens para as suas fake news.

O aceno imaginário do presidente Bolsonaro é pré-condição para ele produzir e depois disseminar notícias falsas. Ele repete o gesto em todas as viagens que faz Brasil afora.

É bom recordar ao leitor que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está em processo de julgamento da chapa Bolsonaro-Morão por fraude nas eleições de 2018. Ele e o vice foram beneficiados pela indústria das fake news na disputa passada, segundo o Ministério Público Eleitoral.

Essa fraude eleitoral na eleição que elegeu Bolsonaro-Mourão não foi percebida pelas agências “fact-checking”, que atuaram para os jornalões da velha mídia naquela disputa ao lado do TSE.

O diabo é que o TSE, nestas eleições de 2020, voltou a contratar essas mesmas agências de verificação que só enxergam o que os barões da velha mídia mandam elas enxergarem. O seríssimo tribunal eleitoral colocou a raposa para cuidar do galinheiro, portanto. Pode isso?

Assista ao vídeo:




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-