Dia da Oficialização do Hino Nacional: dia 6 de setembro marca a celebração da reverência à Bandeira Nacional – Armas Online

No dia 6 de setembro de 1992, foi realizada a oficialização do Hino Nacional Brasileiro. A oficialização foi realizada pelo Decreto nº 15.671. Sendo assim, a data 6 de setembro, ficou marcada para celebração da ‘Oficialização do Hino Nacional Brasileiro’.

A criação do Hino Nacional foi estabelecida pela Constituição brasileira e a letra dele é referente à um poema elaborado em um discurso em 1906. Na mesma data, a Bandeira, o Selo e o Brasão de armas que representam o país, foram criados.

A prática de cantar o Hino acontece desde 2009. O hino Nacional é um dos símbolos mais conhecidos. Ele é uma reverência à Bandeira Nacional.

VÍDEO (https://www.youtube.com/watch?v=nrWpTALgWqM&ab_channel=F%C3%A1bioFidelix)

Ocasiões da prática do Hino Nacional

Continência ao Presidente da República;

Ao Congresso nacional;

Supremo Tribunal Federal;

Continência e cortesia Internacional;

Cerimônias patrióticas;

Eventos esportivos.

Você sabe o porquê e como foi criada a letra do Hino Nacional? Em celebração a data, confira um pouquinho da história do Brasil e, entre ela, está o Hino.

– A partir de um poema, elaborado no ano de 1906 pelo escritor Coelho Neto, o Hino foi realizado em um discurso na Tribuna da Câmara dos Deputados à altura da nação brasileira, como forma de um argumento. Essa atitude levou o Ministro da Justiça Dr. Augusto Tavares de Lira, a decretar aberto o concurso;

– Um desafio foi lançado para toda a comunidade – reformular a letra, da melhor forma de adaptação a melodia proposta -, quem conseguiu realizar o desafio foi o poeta e escritor Joaquim Osório Duque Estrada;

– No ano de 1916, a letra sofreu algumas alterações;

– Através do Decreto nº4. 559, foi conferida a autorização ao Poder Executivo para adquirir as propriedades dos versos no ano de 1922;

– Pelo Decreto nº 15.671 a letra do Hino foi oficializada;

 

Maneira correta de executar o Hino Nacional

Durante o Hino Nacional, é preciso demonstrar respeito ao Brasil. Com isso, foram criadas algumas regras a serem cumpridas.

Todos deverão ficar de pé;

Devemos evitar conversas paralelas;

Os homens civis não devem usar bonés ou chapéus;

Os militares devem prestar continência;

Não alterar a voz com gritos e manifestações ostensivas;

Não aplaudir.

 

Hino Nacional Brasileiro

Ouviram do Ipiranga às margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátrianesse instante,

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó, Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido,
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada, Entre outras mil,
És tu, Brasil, Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada, Brasil!

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do novo mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos lindos campos tem mais flores,
“Nossos bosques tem mais vida”
“Nossa vida” no teu seio “mais amores”.

Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
“Paz no futuro e glória no passado.”

Mas se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

 




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-