Dicotomia ideológica – Comprar armas

Jorge Fernando dos Santos

A esquerda falhou com o Brasil. Um projeto social que tinha tudo para dar dado certo foi abortado pela corrupção, pelos conchavos e interesses pessoais. A direita se aproveitou disso para eleger um falso messias, um homem de passado obscuro que encarna a ignorância e o autoritarismo.

O PT está quieto diante dos absurdos cometidos pelo atual governo. Está no canto do ringue, à espera das eleições de 2022. Seu projeto é recuperar o poder a partir dos escombros deixados por Bolsonaro. O objetivo claro é trazer Lula de volta, novamente como o salvador da pátria – mesmo que ele tenha dito que o partido não deverá disputar o pleito.

Enquanto isso, bolsonaristas se unem a adversários para enterrar a Lava Jato e desmoralizar o ex-juiz e ministro Sérgio Moro. A exemplo dos petistas, enxergam nele um forte oponente, caso decida disputar as eleições. Afinal, foi a sua atuação em Curitiba que permitiu, pela primeira vez na História deste país, a prisão de políticos e empresários corruptos.

Tomam parte na conspiração alguns ministros do STF e congressistas ligados ao Centrão. Os mesmos que lucraram com o Mensalão e o Petrolão do PT, e que hoje apoiam o antigo camarada que preside o país. Bom lembrar que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi identificado com o codinome de Botafogo no propinoduto da Odebrecht.

Interesses comuns

O jornalista Felipe Moura Brasil, hoje articulista do site O antagonista e da revista Crusoé, chama essa articulação de bolsopetismo. Enquanto os bolsonaristas seguem acreditando que os “comunistas” são seus inimigos, por baixo dos panos arma-se o conluio em defesa de interesses comuns. Isto é, em prol da corrupção e da dicotomia ideológica.

O curioso é que muitos petistas acham mesmo que Lula terá facilidade em recuperar o espaço perdido desde o impeachment de Dilma Rousseff, a que chamaram de “golpe”. O sonho é bater Bolsonaro nas urnas. No entanto, ignoram que a derrota de Haddad em 2018 se deu muito em função de o candidato ter se submetido às orientações de Lula, que estava na cadeia.

E há uma outra razão para que o PT não queira o impeachment. Se Bolsonaro cair, quem assumirá a presidência é o seu vice, Hamilton Mourão. Melhor preparado que ele, o general poderia, quem sabe, obter resultados satisfatórios no governo e isso o colocaria como forte candidato em 2022.

Bolsonaro, por sua vez, vê em Lula um “cachorro morto” o qual poderia chutar com facilidade, como é próprio do seu estilo de fazer política. Ou seja, um adversário enfraquecido pela pecha de corrupto que lhe foi lançada a partir do Mensalão e da condenação em três tribunais pela Lava Jato.

Golpe de Estado

Segue a todo vapor a manobra para inocentar Lula. No entanto, Bolsonaro está confiante na própria reeleição devido aos resultados da pesquisa Datafolha, que apontou melhoria nos índices de aprovação do seu governo. Difícil dizer quais radicais estariam mais equivocados, se os bolsonaristas ou os petistas.

Também não podemos descartar uma tentativa de golpe de Estado, caso o presidente se sinta ameaçado nas urnas. Não seria em vão, portanto, o fato de estar prestigiando o Ministério da Defesa e militares de todas as armas –  mais até que o próprio regime pós-64. Seu filho 03, Eduardo Bolsonaro, já avisou que não seria uma questão de “se”, mas de “quando” isso ocorreria.

O final da farsa só o tempo dirá. Contudo, o Brasil não tem mais tempo a perder. Já são mais de 123 mil mortos pela Covid-19 e estamos à beira de um colapso econômico. Os cidadãos de melhor juízo e independência de pensamento precisam agir contra o pior. É necessário que se articule uma candidatura de centro para 2022, capaz de pacificar a nação e redesenhar o futuro do país.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id))
return;
js = d.createElement(s);
js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.12”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));
}, 3000);




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-